Ganho de Peso na Gravidez: Saiba quais os valores normais e o que fazer para se manter saudável

O ganho de peso na gravidez é uma das questões que mais assombram as grávidas. Ambos os estereótipos de beleza e importância excessiva de manter o peso ideal podem colaborar para ameaçar o “padrão” de aparência.

Cada mulher reage diferentemente a uma gravidez, mas sabe-se que um ganho de peso razoável ajuda a evitar complicações na gravidez, como diabetes gestacional, pré-eclâmpsia, parto cesáreo, entre outros. Mas o ganho de peso na gravidez não pode ser encarado como algo que pode afetar a beleza, esse pensamento deve ser deixado de lado, a maior preocupação deve ser com a saúde.

Por isso, para todas as futuras mães que sofrem durante a gravidez devido ao peso que estão ganhando e para aquelas que sofrem cada vez que vão à consulta mensal para controle da gravidez, saiba que o ganho de peso na gravidez é normal.

Saiba mais a seguir.

Qual é o ganho de peso na gravidez normal?

Digamos que uma mulher tenha um peso normal antes de engravidar. O recomendável, segundo os especialistas, é que essa mesma mãe que tenha um peso normal ganhe, durante a gravidez, entre 11,5 kg e 16 kg . No entanto, como é comumente dito, cada corpo é um mundo, e há mulheres que ganham menos quilos e outras que ganham até 18 kg, todas com bebês saudáveis e sendo capazes de recuperar o peso de antes de gravidez.

O importante não é fazer dieta, mas comer bem

Se uma mulher chega a acreditar que controla muito seu peso, ela pode cair no erro de tentar não exagerar. E acabar comendo menos do que deveria. Esta medida, que como de costume muitas mulheres que começam dietas muitas vezes é contraindicado na gravidez. Já que o bebê necessita receber nutrientes e vitaminas que muitas vezes a dieta costuma eliminar.

O importante, então, não é limitar o que você come, porque não é hora de fazê-lo , mas sim escolher o que comer. O ideal é comer principalmente alimentos de origem vegetal (frutas e legumes). Evitar um pouco carnes vermelha (máximo três vezes por semana). E tomar leite desnatado, azeite, legumes, comer alimentos integrais, como pão, cereais e arroz. Isso em vez de mais farinha refinada.

E que peso ganhei, de onde vem?

Não é uma questão que as mulheres se perguntem com frequência. Porque geralmente vêem o ganho de peso na gravidez distribuído pelo corpo a olho nu. Mas ainda assim pode ser interessante saber como o peso de uma mulher é distribuído .

Se levarmos uma média de 12,6 kg no ganho de peso, esses quilos seriam distribuídos da seguinte forma:

  • Volume de sangue: 1,3 kg.
  • Peito: 0,4 kg.
  • Útero: 1 kg.
  • Feto: 3,4 kg.
  • Placenta: 0,7 kg.
  • Líquido amniótico: 0,8 kg.
  • Gordura: 3,5 kg
  • Líquido retido: 1,5 kg (embora possa atingir 4,5 kg)

Como você pode ver, uma vez que o bebê nasce e a placenta sai o líquido amniótico é “perdido” em cerca de 5 kg.

Então, com o passar do tempo, com a amamentação queimando calorias e com um bebê e depois com uma criança (que esgota qualquer um) fazendo com que a mãe não pare, o peso se reduz pouco a pouco.

Para fazer isso você também tem que continuar comendo bem e fazendo algum exercício se houver tempo, para evitar o ganho excessivo de peso.

Gostou deste artigo? Deixe o seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *