Casa

Sistemas Anti Traça

As traças põem ovos dos quais eclodem larvas. Estas roem a lã ou misturas de fibras e lã e tecidos com nódoas, destruin­do vestuário, coberto­res e cortinados. En­tram em cena as bolas de naftalina, pesticidas brancos e cristalinos destinados a repelir as traças antes de elas po­rem ovos. O problema é que enquanto estas bolas são eficazes para repelir as traças, os seus vapores podem causar doenças. Feliz­mente, há alternativas mais seguras.

Mau para as traças, mau para si?

As bolas antitraça são feitas com naftalina ou com paradiclorobenzeno. A exposição a qualquer destes produtos químicos pode irritar os olhos, a pele e o tracto respiratório e causar dores de cabeça, confusão e lesões no fígado e nos rins. As crianças pequenas são mais vulneráveis, por isso nunca é aconselhável vestir os bebés com roupas que estiveram guardadas durante muito tempo, pois podem estar saturadas com vapores daqueles produtos, mesmo depois de terem sido lavadas.

Os riscos não acabam aqui. A naftalina pode contribuir para a destruição dos glóbulos vermelhos, provocando anemia hemolítica, cujos sin-tomas vão da fadiga a insuficiência renal. Uma exposição prolongada também pode aumentar o risco das cataratas. Oparadiclorobenzeno pode ser menos tóxico, mas há suspeitas de ser cancerígeno.

Além disso, muitas crianças têm sofrido intoxicações quando confundem as pequenas bolas brancas com doces e as engolem. Uma criança que engula uma bola de nafatalina pode sofrer vómitos, diarreia, convulsões e lesões no fígado e rins. Uma intoxicação grave é uma emergência que requer atenção médica imediata.

Reduzir os riscos das bolas antitraça

O melhor é evitar totalmente a utilização das bolas antitraça. Porém, se as utilizar, faça-o com parcimónia e siga estas instruções:

  • Mantenha as bolas antitraça numa zona bem arejada afastada das crianças e de animais de estimação — e as que não estiverem a ser uti-lizadas num recipiente bem vedado e que as crianças não consigam abrir.
  • Guarde as roupas que não veste numa garagem separada da casa ou num sótão arejado — e nunca num armário do quarto de dormir, de onde podem emanar os vapores das bolas antitraça.
  • Não deixe as bolas antitraça tocarem nas roupas, uma vez que podem estragar ou alterar a cor dos tecidos e amolecer botões e fechos de plástico.
  • Antes de usar as roupas que foram guardadas com bolas antitraça, lave-as e areje-as até o cheiro forte ter desaparecido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *